Tenho quase certeza que você que está lendo nesta matéria ou caiu em um golpe, ou compartilhou algo que não tinha certeza mas na tentativa de ajudar acabou espalhando.

Entregas de produtos, visita de pessoas que dizem ser de tal empresa, site falso, links para locais onde roubam seus dados, enfim. Graças a pessoas mal intencionadas, que tem acesso a internet, que tentam causar pânico na sociedade.

A Fake News da vez, é uma mensagem que tem corrido nas redes sociais, Whatsapp e Telegram, sobre assaltos programados por bandidos que fingem ser técnicos de telecomunicações. Existem várias versões desta mensagem e uma delas é a seguinte:

ALERTA SOBRE ASSALTO PROGRAMADO.
QUEM TEM NET, VIVAS, NIPBR, VIVO, SKY entre outros.
Estão enviando pelo correio uma carta com papel timbrado referente a essas empresas.
Na carta, que por sinal é muito bem elaborada, relata que a empresa está modernizando a sua tecnologia e que se faz necessário a substituição do aparelho na residência do assinante.
Cuidado!! Trata-se de um golpe.
Na carta há um telefone pra agendamento do serviço a ser realizado, porém é um número de pessoa estranha à empresa. São marginais agendando data e hora para assaltar as residências.
Caso receba a tal carta, confirmem o procedimento no telefone que vêm na fatura de sua prestadora de serviço, nunca nesta carta recebida.
ALERTE SEUS FAMILIARES, AMIGOS E CONHECIDOS PARA QUE NÃO VENHA SER VÍTIMA DESSE ASSALTO PROGRAMADO.
“Juntos podemos fazer de nosso condomínio um lugar melhor.”
Atenciosamente,
Administração

Mensagem falsa falando sobre assalto programado que está sendo espalhada em redes sociais, Whatsapp, Telegram e outros

Existem várias “versões” desta mensagem, uma fala só das empresas GVT, NET e SKY, as frases no corpo do texto estão em posições diferente, e a versão “original” até citava o condomínio, chamado Condomínio Mediterrâneo.

De toda estas versões das mensagens, a única coisa realmente verdadeira é o Condomínio Mediterrâneo, este sim existe, todo o resto do conteúdo é falso.

Esta tal história do “assalto programado” segundo site Boatos.org, circula pela internet desde 2010 e com o tempo esta mensagem foi evoluindo para ter um ar mais “verdadeiro”.

Vamos aos fatos que comprovam a falsidade do conteúdo desta mensagem.

Estes supostos técnicos seriam da NET (que passou a se chamar Claro, ou seja, se fosse recente, no mínimo o nome seria diferente), Vivas Telecom (que só atende São José dos Campos – SP e região), GVT (ela foi comprada pela VIVO em 2015 e este nome não é mais utilizado), NIPBR (que também é da região de São José do Campos) e SKY.

Além disso:

  • Nenhuma das empresas citadas fizeram qualquer tipo de aleta falando sobre o ocorrido
  • Se você ligar para o número de suporte de sua operadora já resolve o problema
  • Golpistas jamais passariam o próprio número, afinal seria muito fácil rastrear o suposto acusado
  • Esta mensagem foi enviada para todo o Brasil, não faz sentido um mesmo número de telefone ser usado por um “técnico” da sua cidade, se fosse assim seria no mínimo um mesmo DDD da cidade onde você mora
  • Você até pode pensar, “ah mas seria uma central telefônica e repassado para os assaltantes“, ai pergunto, isso seria repassado para todos os assaltantes de TODAS AS CIDADES, do Brasil? Isso que chamo de crime organizado.
  • E algumas das empresas citadas fazem parte, apenas, de uma determinada região do Estado de SP.
  • Não existe nas grandes mídias, qualquer citação falando sobre este golpe.

Ainda segundo o site “Muito provavelmente, o(a) síndico(a) do Condomínio Mediterrâneo teve acesso a esta mensagem e na tentativa de ajudar e alertar os condôminos emitiu esta mensagem, imprimiu, colocou o alerta no prédio e um morador(a) fotografou e passou a diante“.

Quer ajudar? Então repasse ESTA NOTÍCIA, para todos os seus contatos, e muito cuidado com as Fake News pesquise antes de encaminhar para seus amigos, grupos ou em suas redes sociais.

clique e siga o Dica App do Dia no Instagram - https://www.instagram.com/dicaappdodia/

Siga o Dica App do Dia em nossas redes sociais e também nos agregadores de notícias Flipboard e Google Notícias.

Deixe uma resposta