Google Doodle de hoje, 03 de outubro, celebra o 105º aniversário da professora hispano-americana e bióloga pesquisadora marinha Dra. María de los Ángeles Alvariño González, que é amplamente considerada uma das mais importantes cientistas espanholas de todos os tempos.

María de los Ángeles Alvariño González nasceu neste dia em 1916 em Serantes, uma pequena cidade costeira na costa galega do norte da Espanha.

O amor de Ángeles Alvariño pela história natural começou com a biblioteca de seu pai e se aprofundou enquanto ela fazia pesquisas sobre a oceanografia do litoral.

Embora o Instituto Espanhol de Oceanografia (IEO) só aceitasse homens na época, o trabalho universitário de Ángeles Alvariño impressionou a organização por tê-la nomeado bióloga marinha em 1952.

No Centro Oceanográfico de Vigo do IEO, ela começou sua pesquisa pioneira sobre zooplâncton, minúsculos organismos que servem como a base da cadeia alimentar oceânica e identificou algumas espécies como os melhores indicadores da saúde dos oceanos.

Dra. María de los Ángeles Alvariño González: Imagem: Ilustração
Dra. María de los Ángeles Alvariño González | Imagem: Ilustração

Em 1953, o British Council concedeu a Ángeles Alvariño uma bolsa que resultou em ela se tornar a primeira mulher a trabalhar como cientista a bordo de um navio de pesquisa britânico. Após várias expedições, ela continuou seus estudos nos EUA, onde se aposentou como uma das biólogas marinhas mais prestigiadas do mundo em 1987.

Além da pesquisa rigorosa de Ángeles Alvariño, incluindo a descoberta de 22 novas espécies de zooplâncton e a publicação de mais de 100 artigos científicos, ela ocupou cargos de professora no Brasil, EUA e México. Hoje, Ángeles Alvariño é o único cientista espanhol de 1.000 na “Enciclopédia de Cientistas Mundiais”, e um moderno navio de pesquisa da frota do IEO leva seu nome.

Feliz aniversário, Dra. María de los Ángeles Alvariño González!

Siga o Dica App do Dia em nossas redes sociais e também nos agregadores de notícias Flipboard e Google Notícias.

Deixe uma resposta