O Google Doodle de hoje celebra o 99º aniversário da professora, ativista, autora e astrofísica italiana Margherita “A Senhora das Estrelas” Hack.

Além de seu interesse em satélites, asteróides e na evolução de atmosferas estelares, Hack defendeu os direitos civis como uma defensora aberta de causas progressivas, proteção animal e igualdade para todos.

Margherita Hack nasceu em Florença neste dia em 1922. Ela fez apenas uma aula de literatura na universidade antes de mudar para física.

Seguindo a defesa de 1945 de sua tese sobre variáveis ​​cefeidas (estrelas usadas para medir distâncias intergalácticas), Hack aplicou seu conhecimento de espectroscopia estelar como astrônoma no Observatório Astronômico de Arcetri, em Florença.

Em 1964, Hack mudou-se para Trieste, onde fez história não apenas como a primeira mulher italiana a ganhar um cargo de professora titular na universidade da cidade, mas também como a primeira diretora do Observatório Astronômico de Trieste.

Por mais de 20 anos, ela transformou o Observatório de Trieste de uma instituição amplamente anônima em um nexo mundialmente conhecido de progresso científico.

L’astrofisica Margherita Hack fotografata al Festival delle Scienze a Roma, 15 gennaio 2009 ANSA / MUSACCHIO & IANNIELLO (U.S.) / PAL

Essas inovações distintas conquistaram o reconhecimento internacional de Hack na comunidade astronômica, o que levou a associações de prestígio na NASA e na Agência Espacial Europeia – ambas as casas dos observatórios científicos mais importantes do mundo.

Aclamada por sua habilidade de explicar conceitos científicos complexos ao público em geral, Hack publicou dezenas de artigos acadêmicos, vários livros de astronomia e fundou duas revistas de astronomia.

Ela recebeu uma litania de elogios por suas realizações de vida, notavelmente tendo o asteróide 8558 Hack, que orbita entre Marte e Júpiter, nomeado em sua homenagem em 1995.

Aos 90 anos, o governo italiano concedeu a Hack seu maior prêmio: o título de Dama di Gran Croce.

Feliz aniversário, Margherita Hack, e obrigada por inspirar as gerações futuras a buscarem as estrelas!

Siga o Dica App do Dia em nossas redes sociais e também nos agregadores de notícias Flipboard e Google Notícias.

Via Google

1 COMENTÁRIO

  1. Tanto di cappello a Margherita Hack, oggi sarebbe stato un triste compleanno per lei, quando decine di migliaia di satelliti nei prossimi anni rovineranno per sempre la visione delle stelle, accantonando di fatto la ricerca astronomica… Quando arriverà quel giorno, molto più vicino di quanto si possa pensare, avremo tolto ai nostri figli anche l’ultimo spettacolo che la natura poteva ancora offrire quasi incontaminato, il cielo stellato…

Deixe uma resposta