Vários grupos e indivíduos associados à Igreja Católica financiaram um aplicativo de fertilidade, o Femm, que afirma ajudar as mulheres a rastrear seus ciclos menstruais e, ao mesmo tempo, incentivá-las a evitar o controle hormonal da natalidade. 

Essas organizações, segundo o site The Guardian, se opõem ao direito ao aborto, bem como à contracepção, e já se alinharam com o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, que também é um defensor contra o aborto.

A Fundação Chiaroscuro, uma instituição de caridade católica, forneceu US$ 1,79 milhões para os desenvolvedores de aplicativos da Femm e é administrada por Sean Fieler, um financiador católico. 

Além disso, o veículo informa que dois dos consultores médicos do aplicativo não têm licença para praticar nos EUA.

O aplicativo Femm funciona de forma semelhante a outros aplicativos de fertilidade, permitindo que as mulheres insiram seus dados do ciclo menstrual, inclusive quando têm menstruação, metas reprodutivas, quando fazem sexo e outros dados observacionais. 

Embora os usuários possam inserir seu método de controle de natalidade, o aplicativo diz que o modo “natural” das mulheres evitarem a gravidez é aprender e administrar seu ciclo de fertilidade. 

O aplicativo também incentiva as mulheres a visitar sua própria rede de médicos para testes hormonais, que, segundo ela, podem diagnosticar distúrbios médicos “subjacentes”.

O The Guardian diz que o Femm pode ser o primeiro aplicativo de fertilidade apoiado ideologicamente, embora Anna Halpine, CEO da Femm Foundation, tenha dito que a afiliação do aplicativo aos defensores do aborto não importa. 

Femm nunca comentou sobre a questão do aborto e não trabalha nessa área”, diz Halpine. “Femm é uma organização comprometida em ampliar a pesquisa e o conhecimento sobre a saúde reprodutiva das mulheres em todo o mundo”.

O The Guardian relata que o aplicativo foi baixado 400.000 vezes e fala sobre a realidade de que os aplicativos de fertilidade costumam coletar informações extremamente confidenciais. 

Os usuários não sabem quais podem ser os criadores de aplicativos ou como são financiados. 

Embora muitas vezes as pessoas confiem nos aplicativos que encontram na Play Store ou na App Store, elas podem ter uma tendência política que pode afetar os conselhos que eles dão, especialmente em relação a dados de saúde confidenciais. E nesta situação, agora temos provas.

Aplicativo disponível para

baixe no android - https://play.google.com/store/apps/details?id=org.femmhealth.femm&hl=pt_BR
baixe no ios - https://itunes.apple.com/us/app/femm-period-ovulation-tracker/id944880989?mt=8

Dica App do Dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Entre com seu nome aqui