Sim, é isso mesmo que você acabou de ler, agora é possível realizar chamadas de vídeo e voz pelo Whatsapp através do Notebook ou PC. A atualização foi liberada e você pode aproveitar esta novidade.

Em outubro de 2020 foi lançada a informação que o WhatsApp estaria considerando a ideia de oferecer chamada de voz e vídeo para as versões Web e Desktop. 

E, agora é possível acessar este recurso pelo programa do Whatsapp para o Windows e Mac.

Sim, para aproveitar está novidade será necessário realizar a instalação e para baixar você pode acessar clicando aqui.

Durante a realização dos testes, tanto a chamada de vídeo quanto chamada de voz não apareceram quando utilizado na versão web, apenas a versão executável, também conhecida como Whatsapp Desktop.

Este recurso está liberado na versão 2.2047.13.

Os ícones de chamada de vídeo e voz estão em sua versão beta, ou seja ainda está em fase de teste.

Os ícones da chamada por vídeo ou por voz está localizados ao lado do contato que deseja realizar chamada

Nos testes realizados pela nossa equipe, a chamada de áudio começou com um pouco de chiado mas depois estabilizou.

Quanto a chamada por vídeo foi excelente, fizemos uma chamada de notebook para celular e a qualidade da ligação foi ótima.

Quando for chamada para um celular o retorno da imagem, na tela do notebook, fica na vertical, e quando a pessoa muda de posição do smartphone para a horizontal, a tela de retorno no notebook fica na horizontal instantaneamente.

Portanto, quem gosta de usar a versão do Whatsapp Desktop, com certeza será uma excelente opção para realização de chamadas por vídeo ou voz.

Lembrando que está em fase de testes – beta – ou seja, possíveis falhas poderão ocorrer durante a ligação.

Para baixar a versão desktop (notebook / PC) você pode acessar clicando aqui.

Se você ja testou, gostou ou não, deixe aqui nos comentários.

Siga o Dica App do Dia no Instagram - https://www.instagram.com/dicaappdodia/

Siga o Dica App do Dia em nossas redes sociais e também nos agregadores de notícias Flipboard e Google Notícias.

Deixe uma resposta