Já ouviu falar de vírus de celular?

Os celulares já fazem parte do nosso cotidiano e não conseguimos nos imaginar sem eles, não é mesmo?

Afinal, a tecnologia surge para facilitar o nosso dia a dia, estreitar os laços com os amigos e familiares, guardar fotografias de momentos incríveis e, ainda, nos ajuda a trabalhar em qualquer lugar do mundo.

Por isso, temos “a nossa vida” guardada no celular.

Assim, um problema muito comum que vem preocupando as pessoas é com relação aos vírus. Afinal, são iguais aos que já conhecemos que afetam os computadores?

Será que preciso investir em um antivírus para celular?

Para saber essas respostas, continue a leitura.

Vírus de Celular e de Computador: São a Mesma Coisa?

De forma geral e abrangente, os vírus de celular e computador são a mesma coisa.

Afinal, o vírus é um programa malicioso que se instala na máquina (celular ou computador), espalha e faz uma bagunça gigante no equipamento.

Portanto, os cibercriminosos podem roubar os seus dados, deletar arquivos e controlar o equipamento.

Mas, a grande diferença para um vírus de celular e de computador é o processo de infecção. Ou seja, como o vírus se instala no dispositivo.

Entenda!

Processo de Infecção do Vírus no Computador

Quando você utiliza um computador ele conta com diversos níveis de segurança.

Então, um programa extremamente importante (como um aplicativo de banco, por exemplo), roda em um ambiente mais seguro enquanto que, um menos importante, fica em um local mais exposto.

Processo de Infecção do Vírus no Celular

Enquanto o computador conta com diversas camadas de proteção, os celulares tem apenas duas camadas. Ou seja:

  • Primeira Camada: mais restrita, onde conta com os apps nativos do sistema
  • Segunda Camada: mais vulnerável, onde estarão os apps baixados após a compra

Vírus de Celular: Como ele Atua e Como Proteger?

O vírus de celular vai se instalar na camada mais exposta, onde, muito provavelmente, o usuário inseriu diversos dados.

Então, ele raramente consegue ter acesso aos apps nativos do sistema.

No entanto, você poderá ter o seu dispositivo infectado se:

  • Fizer o download de algum arquivo (via e-mail, site, SMS ou baixar um programa) malicioso — mesmo que não seja intencional
  • Dar permissões para sites ou aplicativos suspeitos.

Por isso, é sempre importante ter muita atenção na hora de baixar algum arquivo ou instalar algum programa no celular, está bem?

Além disso, uma ótima alternativa para evitar vírus no seu dispositivo e se proteger, é baixando um bom antivírus para celular.

O Bitdefender Mobile Security oferece proteção absoluta contra vírus e malware aos seus dispositivos móveis. Que tal?

E aí, gostou do nosso conteúdo? Aproveite e compartilhe este texto com os seus amigos, para que eles também entendam mais sobre o vírus de celular.

Siga o Dica App do Dia em nossas redes sociais e também nos agregadores de notícias Flipboard e Google Notícias.

Deixe uma resposta