Nubank iniciou os preparativos para uma entrar na bolsa de valores dos Estados Unidos que pode ocorrer já este ano, segundo site Reuters.

Seria uma das maiores estreias de uma empresa sul-americana na bolsa de valores nos últimos anos. 

O Nubank foi avaliado em cerca de US$ 25 bilhões em uma rodada de arrecadação de fundos privados em janeiro, mais do que dobrando sua avaliação.

Nubank, cujo nome legal é Nu Pagamentos SA, está trabalhando com consultores sobre uma oferta pública inicial em Nova York, disseram as fontes, solicitando anonimato porque os planos são confidenciais.

Provavelmente faremos um IPO em algum momento, mas não está entre nossas prioridades atuais. Temos o apoio de um grupo incrível de investidores que compartilham uma visão de longo prazo sobre o nosso negócio“, disse Nubank em comunicado enviado por e-mail. Ele se recusou a comentar especificamente sobre o cronograma ou os preparativos para seu IPO.

A Nubank, com sede em São Paulo, foi fundada em 2013 por David Velez, um colombiano que estudou em Stanford, como emissor de um cartão de crédito roxo sem anuidade.

Desde então, conquistou mais de 35 milhões de clientes, lançou novos produtos financeiros, como contas correntes e empréstimos, e se expandiu pela América Latina. Nos últimos sete anos, levantou US $ 1,2 bilhão em várias rodadas de financiamento.

Nubank encerrou 2020 com um prejuízo líquido de 230,2 milhões de reais (US$ 41,9 milhões), abaixo dos 312,7 milhões de reais do ano anterior.

Os investidores do Nubank incluem empresas de capital de risco Dragoneer Investment Group, Ribbit Capital, Tencent Holdings (0700.HK) Ltd e Tiger Global Management, bem como o Founders Fund, que é apoiado pelo bilionário Peter Thiel.

O Nubank está disponível para:

Siga o Dica App do Dia em nossas redes sociais e também nos agregadores de notícias Flipboard e Google Notícias.

Deixe uma resposta