Certamente, Tim Cook é uma das figuras mais reconhecidas no mundo dos negócios.

Afinal, ele é diretor executivo da Apple , uma empresa frequentemente no topo da lista das empresas americanas mais valiosas por capitalização de mercado.

Cook é quase sinônimo da empresa, Steve Jobs o escolheu a dedo para ser seu sucessor há sete anos, mas não justifica ele mudou seu sobrenome.

Mas talvez seja essa a impressão que o presidente Donald Trump teve nesta quarta-feira 06/03/2019.

Durante uma apresentação em uma reunião do Conselho Consultivo da Política da Força de Trabalho Americana, elogiando Cook pelo trabalho que ele fez no comércio americano, o presidente se referiu a Cook como “Tim Apple”, enquanto os dois estavam sentados lado a lado.

Vamos abrir as forças de trabalho porque precisamos. Temos tantas empresas chegando“, disse Trump.

“Pessoas como Tim – você está se expandindo e fazendo coisas que eu realmente queria que você fizesse desde o começo”

E continua – “Eu costumava dizer: ‘Tim, você tem que começar a fazer aqui, e você realmente tem’realmente colocamos um grande investimento em nosso país. Nós realmente apreciamos muito, Tim Apple.

Mas, o momento em que o presidente solta esta “pérola” esta no tempo aproximado em 1h03 min no vídeo abaixo e para facilitar, já colocarmos no tempo próximo, veja.

O Relacionamento entre Cook e Trump

Cook e Trump podem não ter um relacionamento confortável, mas não são exatamente estranhos.

Trump criticou a Apple sob a liderança de Cook, prometendo fazer a empresa começar a fabricar seus produtos nos EUA em vez da China.

Cook também se manifestou em 2017 contra o esforço de Trump de fechar os Estados a imigrantes de países predominantemente muçulmanos, dizendo aos funcionários em um memorando que “não é uma política que apoiamos”.

Cook também participou de uma cúpula de tecnologia organizada pela Casa Branca em junho de 2017.

Cook foi anunciado no mês passado como um membro do conselho consultivo , que visa “renovar a força de trabalho americana para melhor enfrentar os desafios do século 21“.

Cook é um dos 25 membros, juntamente com a CEO da IBM, Ginni Rometty , e uma mistura de governadores, prefeitos, presidentes de universidades e CEOs de empresas como Walmart, Visa e Home Depot.

A Apple – a empresa – não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

CNet

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Entre com seu nome aqui