Qual a idade correta para conectar os filhos nesta era digital? Quando o expor nas redes sociais? Quando dar um tablet ou celular pra ele? É seguro? E pedagogicamente correto?

Estas são algumas das perguntas que diariamente são feitos por pais, educadores, psicólogos em todo o mundo.

Mas independente da idade um dos cuidados que deve ser levado a serio, em caso da criança já ter acesso a internet, é a segurança dele enquanto estiver conectado.

Vários softwares, aplicativos, sistema de segurança são desenvolvidos diariamente.

Até mesmo a Netflix, em sua série Black Mirror em seu episódio com o nome de “Arkangel”, conta a história de Marie, vivida pela atriz americana Rosemarie DeWitt.

Traller do Episódio ArkAngel da série Black Mirror

Ela é mãe solteira se mostra extremamente fragilizada após a filha sumir por alguns longos minutos, assim que se distrai conversando com outra mãe.

Traumatizada, aceita participar de um experimento vendido como “super seguro”: o implante de uma espécie de chip na cabeça da filha, a pequena Sara.

Cena do Filme ArkAngel no momento que é implantado o chip na criança
Cena do Filme ArkAngel no momento que é implantado o chip na criança

Logo descobre que além de saber a localização da menina, também consegue informações sobre a saúde da garota, além de impedir que veja cenas impróprias, violência, sangue, palavrões e muito mais.

Mas enquanto ainda não temos este serviço, a Google desenvolveu um aplicativo chamado Family Link, permite que os pais estabeleçam regras, monitoram a localização, e ajuda a orientar seus filhos enquanto eles aprendem

O Family Link permite que você estabeleça regras digitais e oriente seus filhos enquanto eles aprendem, brincam ou jogam, sejam eles crianças ou adolescentes.

Para crianças menores de 13 anos (ou a idade mínima de consentimento no seu país), o Family Link também permite criar uma Conta do Google como a sua, com acesso à maioria dos serviços do Google

Pai e filha usando smartphone
Pai e filha usando smartphone

Com este Aplicativo você:

• Veja a atividade da criança: nem todo o tempo de uso é igual. Ajude a criança a tomar decisões saudáveis quanto ao uso do dispositivo Android e iOS com relatórios de atividade que mostram o tempo gasto nos apps favoritos dela.

• Gerencie os apps da criança: notificações fáceis de acessar permitem que você aprove ou bloqueie o download de apps que seus filhos queiram na Google Play e na App Store. Você também pode gerenciar as compras em apps e ocultar apps específicos no dispositivo da criança.

• Estimule a curiosidade da criança: às vezes, é difícil descobrir quais apps são adequados ao seu filho. O Family Link mostra apps para Android e iOs recomendados por professores que você pode adicionar diretamente ao dispositivo da criança.

Tela do App Family Link
Tela do App Family Link

Fique de olho no tempo de uso

• Estabeleça limites: cabe a você escolher o tempo de uso adequado para seu filho. O Family Link permite estabelecer limites de tempo e a hora de dormir nos dispositivos supervisionados da criança para que ela aprenda a equilibrar o tempo de uso.

• Bloqueie o dispositivo: você pode bloquear remotamente o dispositivo supervisionado na hora de fazer uma pausa, seja para brincar ao ar livre, jantar ou passar algum tempo com a família.

Veja onde a criança está

• É bom poder encontrar seu filho quando ele está na rua. Você pode usar o Family Link para localizar a criança, desde que ela esteja com os dispositivos Android ou iOs dela.

Informações importantes

• As ferramentas do Family Link variam de acordo com o dispositivo da criança. Veja uma lista de dispositivos compatíveis em families.google.com/familylink/setup

• Embora o Family Link ajude a gerenciar as compras e os downloads da criança no Google Play e App Store , sua aprovação não será necessária para instalar atualizações de apps (incluindo atualizações que expandam as permissões), apps já aprovados por você ou apps compartilhados na Biblioteca da família. Os pais devem verificar regularmente os apps instalados da criança e as permissões de apps no Family Link.

• Verifique cuidadosamente os apps instalados no dispositivo supervisionado da criança e desative os apps indesejados. Talvez não seja possível desativar apps pré-instalados.

• Para que você veja a localização do seu filho, o dispositivo da criança ou do adolescente precisa estar ligado, ter sido usado recentemente e estar conectado à Internet.

• Os apps recomendados por professores só estão disponíveis em dispositivos Android e Ios nos EUA para os pais de crianças de determinadas idades.

O Aplicativo está disponível para:

Para baixar no Android - https://play.google.com/store/apps/details?id=com.google.android.apps.kids.familylink&hl=pt-BR&referrer=utm_source%3Dfamilylink%26utm_medium%3Dwebsite%26utm_campaign%3Dhome_footer
para baixar no ios - https://itunes.apple.com/br/app/google-family-link/id1150085200

Mas, seria isso excesso de segurança?

Algumas pessoas enxergam este aplicativo como uma “Proteção Excessiva”. O jornalista correspondente de tecnologia do The New York Times, Brian X Chen diz:

“Aos 13 anos, a criança ‘formada’, como o Google a chama, se liberta das restrições. Obtém as chaves do reino da internet e tudo de bom e ruim que vem com ela”

Isso é terrível porque, à primeira vista, o Family Link tem tudo para ganhar. É gratuito, bem projetado e cheio de recursos úteis para regular o uso do smartphone“, explica o jornalista.

No entanto, quase todos esses benefícios são prejudicados pela decisão do Google de permitir que as crianças removam as restrições no momento em que se tornam adolescentes“, acrescenta Chen.

O Google, no entanto, insiste que a responsabilidade no uso da internet pelas crianças é uma tarefa compartilhada com os pais.

Queremos que as crianças explorem e se inspirem enquanto embarcam em sua própria aventura digital. No entanto, cada família pensa de forma diferente sobre o que seus filhos devem ou não fazer no celular“, disse a companhia em um comunicado.

E você gostou deste app? Compartilha conosco a sua opinião.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Entre com seu nome aqui