Qual a idade correta para conectar os filhos nesta era digital? Quando o expor nas redes sociais? Quando dar um tablet ou celular pra ele? É seguro? É pedagogicamente correto?

Estas são algumas das perguntas que diariamente são feitos por pais, educadores, psicólogos em todo o mundo.

Mas, independente da idade um dos cuidados que deve ser levado a serio é a segurança da criança ou adolescente enquanto estiver conectado.

Vários softwares, aplicativos, sistema de segurança são desenvolvidos diariamente.

Até mesmo a Netflix, em sua série Black Mirror em seu episódio com o nome de “Arkangel”, conta a história de Marie, vivida pela atriz americana Rosemarie DeWitt.

Traller do Episódio ArkAngel da série Black Mirror

Ela é mãe solteira e que, e em um determinado momento enquanto ela está em um parque conversando com outra mãe enquanto a filha está nos brinquedos, ela se distrai e a sua filha acaba sumindo por alguns longos minutos. Depois disso ela se mostra extremamente fragilizada.

Traumatizada por conta da experiência, aceita participar de um experimento vendido como “super seguro”: o implante de uma espécie de chip na cabeça da filha, a pequena Sara.

Cena do Filme ArkAngel no momento que é implantado o chip na criança
Cena do Filme ArkAngel no momento que é implantado o chip na criança

A mãe logo descobre que além de saber a localização da menina, também consegue informações sobre a saúde da garota, além de impedir que veja cenas impróprias, violência, sangue, palavrões e muito mais.

Na vida real, não temos notícias até o momento da existecia de tal sistema, porém Google desenvolveu um aplicativo chamado Family Link, permite que os pais estabeleçam regras, monitoram a localização, e ajuda a orientar seus filhos enquanto eles aprendem

O Family Link app permite que você estabeleça regras digitais e oriente seus filhos enquanto eles aprendem, brincam ou jogam, sejam eles crianças ou adolescentes.

Para crianças menores de 13 anos (ou a idade mínima de consentimento no seu país), o Family Link também permite criar uma Conta do Google com acesso à maioria dos seus serviços.

Pai e filha usando smartphone
Pai e filha usando smartphone

Com o Family Link app é possível:

  • Ver as atividades da criança: nem todo o tempo de uso é igual
  • Ajudar a criança a tomar decisões saudáveis quanto ao uso do dispositivo com relatórios de atividade que mostram o tempo gasto nos apps favoritos dela
  • Gerenciar os apps que seus filhos instalaram: notificações fáceis de acessar permitem que você aprove ou bloqueie o download de apps que seus filhos queiram na Google Play e na App Store
  • Você também pode gerenciar as compras em apps e ocultar apps específicos no dispositivo da criança
  • Estimular a curiosidade da criança: às vezes, é difícil descobrir quais apps são adequados ao seu filho
  • O Family Link mostra apps para Android e iOS recomendados por professores que você pode adicionar diretamente ao dispositivo da criança.
Tela do App Family Link
Tela do App Family Link

Com o Family Link é possivel acompanhar o tempo de uso do smartphone ou tablet

  • Estabeleça limites: cabe a você escolher o tempo de uso adequado para seu filho.
  • O Family Link permite estabelecer limites de tempo e a hora de dormir nos dispositivos supervisionados da criança para que ela aprenda a equilibrar o tempo de uso
  • Bloqueie o dispositivo: você pode bloquear remotamente o dispositivo supervisionado na hora de fazer uma pausa, seja para brincar ao ar livre, jantar ou passar algum tempo com a família

Veja onde a criança está

  • É bom poder encontrar seu filho quando ele está na rua.
  • Você pode usar o Family Link para localizar a criança, desde que ela esteja com os dispositivos Android ou iOs dela.

Pais, antes de instalar é importante salientar

  • As ferramentas do Family Link variam de acordo com o dispositivo da criança. Veja uma lista de dispositivos compatíveis em families.google.com/familylink/setup
  • Embora o Family Link ajude a gerenciar as compras e os downloads da criança no Google Play e App Store , sua aprovação não será necessária para instalar atualizações de apps (incluindo atualizações que expandam as permissões), apps já aprovados por você ou apps compartilhados na Biblioteca da família. Os pais devem verificar regularmente os apps instalados da criança e as permissões de apps no Family Link
  • Verifique cuidadosamente os apps instalados no dispositivo supervisionado da criança e desative os apps indesejados. Talvez não seja possível desativar apps pré-instalados
  • Para que você veja a localização do seu filho, o dispositivo da criança ou do adolescente precisa estar ligado, ter sido usado recentemente e estar conectado à Internet
  • Os apps recomendados por professores só estão disponíveis em dispositivos Android e Ios nos EUA para os pais de crianças de determinadas idades.

O Aplicativo Family Link está disponível para:

Para baixar no Android - https://play.google.com/store/apps/details?id=com.google.android.apps.kids.familylink&hl=pt-BR&referrer=utm_source%3Dfamilylink%26utm_medium%3Dwebsite%26utm_campaign%3Dhome_footer
para baixar no ios - https://itunes.apple.com/br/app/google-family-link/id1150085200

Mas o uso do Family Link seria isso excesso de segurança?

Algumas pessoas enxergam este aplicativo como uma “Proteção Excessiva”. O jornalista correspondente de tecnologia do The New York Times, Brian X Chen diz:

“Aos 13 anos, a criança ‘formada’, como o Google a chama, se liberta das restrições. Obtém as chaves do reino da internet e tudo de bom e ruim que vem com ela”

Isso é terrível porque, à primeira vista, o Family Link tem tudo para ganhar. É gratuito, bem projetado e cheio de recursos úteis para regular o uso do smartphone“, explica o jornalista.

No entanto, quase todos esses benefícios são prejudicados pela decisão do Google de permitir que as crianças removam as restrições no momento em que se tornam adolescentes“, acrescenta Chen.

O Google, no entanto, insiste que a responsabilidade no uso da internet pelas crianças é uma tarefa compartilhada com os pais.

Queremos que as crianças explorem e se inspirem enquanto embarcam em sua própria aventura digital. No entanto, cada família pensa de forma diferente sobre o que seus filhos devem ou não fazer no celular“, disse a companhia em um comunicado.

E você gostou deste app? Compartilha conosco a sua opinião.

Siga o Dica App do Dia em nossas redes sociais e também nos agregadores de notícias Flipboard e Google Notícias.

12 COMENTÁRIOS

  1. Não recomendo a ninguém a instalação do app. Não permite a instalação do YouTube e Netflix. Muito utilizados por crianças. O controle deve ser do usuário não dá empresa, se os pais acharem que devem bloquear que o façam. Não a empresa por si mesma.

  2. O app é muito bom e útil, recomendo a instalação. Você pode monitorar o que seu filho faz na internet. O único contra é não poder usar o Youtube só o YputubeKids que é innfantil demais e não tem quase conteúdo nenhum. Seria melhor se eles deixassem você escolher qual você quer para o seu filho e se você escolhesse o Youtube poder bloquear canais e videos impróprios.

  3. App horrível lixo, quem foi o doente que criou esse app do inferno? Isso está levando pessoas ao suicídio 😔 então antes de você virar um jumento e colocar no celular do seu filho se pergunte como você ficaria se ele se matasse bem acho que não muito feliz então pense em uma boa relação com ele na base de conversa?
    Melhor não?

  4. que ranço desse app
    Minha mãe me controla o tempo td…mn quem fez essa merda de app e um belo de um fdp…isso tá acabando com minha vida…acabou minha privacidade…

  5. que porcaria, ele bloqueia tudo e não deixa as crianças fazerem nada. pelo amor, as crianças não são burras, depois que você desinstala o app no celular, o celular fica bloqueado para sempre, mesmo que desinstale. não deveria existir isso, além de que esse app pode ser invadido por pessoas de ma fé se passando pelos pais, logo, hackeando e expondo a criança e toda a família.

  6. O PIOR APLICATIVO DO MUNDO, ELE JÁ MATOU MILHARES DE CRIANÇAS. ELE DEVERIA SER EXCLUIDO QUEM O FDP QUE CRIOU ELE? ELE DEVE SER UM INFELIZ COM A VIDA EU ESTOU EM DEPREÇÃO E ANSIEDADE FORTES JÁ QUASE TENTEI ME MATAR POR CAUSA DESSE APLICATIVO EU ODEIO ELE, ESTOU SEM PALAVRAS PARA DESCREVER O MEU ÓDIO

  7. o app é péssimo, com o app não se cria crianças mais responsáveis com o app, mas sim crianças mais mentirosas, os pais têm que aprender que não podem controlar tudo, os pais que usam esse app, não se preocupam com a saúde mental de seus filhos, se já é desesperador ver seu pai/mãe olhar seu celular imagine com eles olhando secretamente, é péssimo, o app Family Link só te afasta mais de seu filho, os criadores do app tiveram consciência de como o app é péssimo e so causa problemas, tanto é que desativaram a função dos controlados pelos responsáveis não poderem dar sua nota nem para o próprio pp, nem para outros apps e jogos. obviamente o app em certos casos é aceitável, como em pessoas com problemas mentais(depressão severa, autismo, etc) e pessoas muito novas como crianças de até 8 anos, dependendo da criança, 9 ou 10 anos, mas acima de 10 anos, já é algo fora do comum, a palavra supercontrolador para se referir aos pais que usam esse app de maneira excessiva é fraca. a maioria das pessoas que usam o app para controlar os filhos estão INVADINDO A PRIVACIDADE dos filhos. um app péssimo que pode trazer problemas psicológicos.

  8. vai fazer 9 meses qua minha filha se matou por conta deste app. ela tinha apenas 9 anos e eu era uma doente de instalar isso no celular dela! eu e minha esposa (sim, mulher x mulher, acha errado vaza) nunca achavamos que isso ia tão longe. Hoje sou uma mãe com senso e minha esposa e eu agora temos outra filha e nunca vamos instalar isso novamente! não instalem, virou motivo de suicídio

Deixe uma resposta