Os iPhones da Apple ficaram muito mais rápidos. A empresa divulgou na terça-feira sua mais recente linha de iPhone 12 – e todos os modelos vêm com 5G . 

Os telefones  apresentam um novo design , que lembra os tablets iPad Pro da Apple. Os lados mais planos dão aos iPhones uma nova sensação pela primeira vez em três anos. 

A adição da conectividade 5G é a primeira na linha de dispositivos da Apple.

A melhoria mais notável do 5G em relação ao que o iPhone oferece hoje é a velocidade de download mais rápida, daí o convite para o evento “Hi, Speed” da Apple.

O 5G pode ser executado entre 10 e 100 vezes mais rápido do que uma conexão de celular 4G típica, tornando os downloads e streaming de vídeo mais rápidos do que nunca.

Também é mais responsivo do que 4G, tornando jogos, streaming de vídeo e outras tarefas muito mais suaves.

No geral, espera-se que o 5G mude a maneira como vivemos, assim como o 4G trouxe aplicativos como o Uber. Todas as três principais operadoras dos Estados Unidos terão redes 5G em todo o país até o final do ano.

A Apple mostrou seus novos produtos na terça-feira durante um evento virtual, assim como o lançamento do iPad e do Apple Watch Series 6 em outubro. Ela revelou um novo HomePod Mini de US$ 99 antes de falar sobre seus iPhones 5G.

Como resultado, os consumidores têm adiado as compras de telefones em favor de outros equipamentos para trabalhar em casa.

Mas a Apple provavelmente verá uma grande demanda por seus mais novos iPhones.

A empresa não mudou o design geral de seus dispositivos desde o iPhone X de 2017, seu primeiro dispositivo que trocou o botão inicial físico em favor de uma tela e ID facial maiores.

Ao expandir para 5G, a Apple provavelmente verá um aumento nas vendas de seus smartphones mais recentes.

O iPhone “nunca foi tão indispensável como agora“, disse o CEO da Apple, Tim Cook. “Hoje é o início de uma nova era para o iPhone.

Boom 5G


O 5G começou a ser lançado em todo o mundo no ano passado e ganhou velocidade em 2020.

Praticamente todos os novos telefones Android que chegam aos EUA hoje oferecem 5G, e as maiores operadoras do país têm falado sem parar sobre a conectividade.

Agora que a Apple está entrando na briga com seus modelos de iPhone 12 habilitados para 5G, o burburinho sobre o 5G só vai ficar mais alto – mesmo que os consumidores em lugares como os EUA não estejam exatamente clamando por dispositivos 5G.

Espera-se que a Apple seja imediatamente um grande player em 5G.

Este ano, a empresa provavelmente enviará 50 milhões de iPhones 5G, de acordo com a Strategy Analytics, tornando-se o segundo maior fornecedor de 5G em 2020.

Isso com menos de três meses de vendas. Em comparação, a Samsung vendeu cerca de 6,7 milhões de smartphones Galaxy 5G de maio de 2019 – quando seus primeiros telefones 5G chegaram ao mercado – até o final daquele ano. No próximo ano, a Apple será a maior fornecedora mundial de telefones 5G, disse a Strategy Analytics.

“Há um chamado efeito Apple”, disse o analista da Strategy Analytics, Ville-Petteri Ukonaho. “O que quer que a Apple faça, quase imediatamente se torna um sucesso.”

Embora muitas pessoas acreditem que seus iPhones atuais podem se conectar a 5G – cerca de metade dos americanos pensam assim, de acordo com uma pesquisa do rastreador de benchmarking sem fio Global Wireless Solutions – esse não é o caso. Para entrar nas novas redes super-rápidas, será necessário fazer um upgrade para um dispositivo na linha do iPhone 12.

Siga o Dica App do Dia em nossas redes sociais e também nos agregadores de notícias Flipboard e Google Notícias

Deixe uma resposta