Provavelmente você deve estar pensando – Espera ai…O Internet Explorer ainda existe? Ou, este programa não é aquele que a gente abre as pastas e os arquivos? – (não, ele chama-se Windows Explorer)

Por incrível que pareça algumas pessoas, empresas, órgãos públicos ainda dependem do Internet Explorer como navegador padrão.

Se você ou sua empresa ainda depende deste navegador, enquanto não finalizam, é melhor você procurar uma outra alternativa.

A fim de esclarecimentos, um post no blog oficial da Microsoft publicado recentemente, traz uma mensagem que acaba atingindo a todos os usuários.

Por quê o Internet Explorer está sendo deixado de lado?

O Post do blog intitulado “Os perigos de usar o internet Explorer como navegador padrão” vem com a finalidade de esclarecer alguns pontos.

Em resumo, o Internet Explorer tem uma “dívida eterna” com as empresas. As empresas que anos anteriores utilizavam o browser ( Navegador em inglês ) como base no desenvolvimento web, estão colhendo os frutos negativos desta escolha.

Ou seja, o Internet Explorer parou no tempo, e algumas empresas não quiseram desenvolver novas ferramentas para não depender somente do I.E.

Mas, ao mesmo tempo a Microsoft não deu suporte para os desenvolvedores que ainda dependem deste padrão.

E os desenvolvedores web?

Inegavelmente a nova geração de desenvolvedores não mais considera o I.E. como opção de navegador, desenvolvendo projetos para navegadores mais modernos

Alguns sites não funcionam corretamente ao serem abertos no Internet Explorer, principalmente, por ser mais modernas que o próprio navegador.

Até mesmo os profissionais da Microsoft não encaram mais o IE como navegador e sim, como uma “solução de compatibilidade”.

Outros sites dependem, principalmente do plugin do Java, que funciona corretamente no IE vem sendo deixado de lado por alguns navegadores, principalmente o Chrome.

Mas o que a Microsoft deve fazer para solucionar este problema?

A empresa vem tratando o Internet Explorer desta forma desde o lançamento do Windows 10, mas ainda hoje empresas, e órgãos públicos dependem do deste antigo navegador.

A Microsoft tem apostado todas suas fichas no Edge, ele até pode ser uma boa alternativa para usuários finais.

Inclusive, você pode ter o navegador Edge da Microsoft em seu Android ou iOs.

Mas, em determinadas aplicações, para alguns projetos, ele ainda não funciona muito bem.

Em contrapartida, Google Chrome, Mozilla, são os mais utilizados por causa ferramentas e aplicações que estão disponiveis para todos os desenvolvedores.

Por consequência destas mudanças, a Microsoft está remodelando o Edge afim de deixa-lo com os padrões compatíveis do Google Chromium.

Desta maneira, com estas mudanças no Edge, fará com que seu navegador seja compatível com toda internet e tornando-o um browser competitivo.

Todavia, alguns críticos na área de tecnologia dizem que esta manobra apenas vai aumentar o controle que a Google tem quanto aos padrões comuns da web.

O que tudo indica que o lançamento desta nova versão do Edge será para Abril de 2019.

Portanto, empresas, órgãos públicos, que ainda adotam o padrão Internet Explorer, comecem a se remodelar pois o fim do Internet Explorer está muito próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Entre com seu nome aqui