No Reddit (e como destacado pela Android Police, The Verge9to5Google), alguém postou uma maneira simples de assistir a vídeos do YouTube em um navegador da Web (tanto PC/Notebook quanto smartphone ou tablet) sem nenhum anúncio. 

  • Acesse um vídeo no Youtube
  • Clique na barra de endereço
  • Entre o “com” e a “/”, insira um ponto (.)
  • Pressione Enter
  • Em alguns casos, pode ser que o vídeo não carregue, mas é só atualizar o navegador que o vídeo vai funcionar sem propagandas.

Nós testamos aqui e realmente funciona, ele:

  • Remover os anúncios iniciais
  • Elimina aquelas propagandas no meio do vídeo
  • E se você acionar o comando “reprodução automática” todos os vídeos que aparecerem em sua lista não vai aparecer a propaganda.

É correto isso?

Lembre-se de que a receita de anúncios ajuda parcialmente seus Youtubers favoritos a continuarem a produzir conteúdo. 

Macetes e bloqueadores de anúncios eliminam esta forma de arrecadação, portanto, pensem bem antes de usar.

A maneira correta de não ver mais anúncios é se inscrever no YouTube Premium. Além de não ver anúncios você consegue assistir conteúdo offline e tem acesso a Youtube Music, que veio para substituir o Google Play Music, ilimitado.

O Youtube Premium está com promoção, teste grátis por 1 mês e depois se quiser continuar, a assinatura custará R$20,50 por mês, clique aqui e confira.

Este que vos escreve tem o Youtube Premium e devo confessar, é libertador não ter que ver aquele monte de propaganda ao longo do vídeo.

Mas afinal, porquê este truque para bloquear anúncios funciona tão facilmente

Quanto ao motivo tão simples está sendo bem-sucedido na máquina de publicidade do YouTube, um usuário do Reddit chamado unicorn4sale diz:

É um caso comum esquecido, os sites esquecem de normalizar o nome do host, o conteúdo ainda é exibido, mas não há correspondência de nome de host no navegador, portanto, não há cookies e CORS quebrados – e muitos grandes sites usam um domínio diferente para veicular anúncios/mídia com uma lista de permissões que não contém o ponto a mais.”

CROS (Cross-Origin Resource Sharing) Tradução livre para “Compartilhamento de recursos com origens diferentes” é um mecanismo que usa cabeçalhos adicionais HTTP para informar a um navegador que permita que um aplicativo Web seja executado em uma origem (domínio) com permissão para acessar recursos selecionados de um servidor em uma origem distinta.

Com mais de 4.000 votos positivos no Reddit, é provável que o YouTube já saiba que as pessoas perceberam essa brecha. A falha provavelmente será corrigida mais cedo ou mais tarde.

Siga o Dica App do Dia em nossas redes sociais e também nos agregadores de notícias Flipboard e Google Notícias.

Deixe uma resposta