O Aplicativo e-Título permite o eleitor obter seu Título de Eleitor no formato Digital. Apresenta dados como: zona eleitoral, situação cadastral, além da certidão de quitação eleitoral e da certidão de crimes eleitorais. 

Lançada em 2017, a ferramenta surgiu como alternativa à emissão de títulos eleitorais em papel. O intuito foi reduzir os custos da Justiça Eleitoral com a emissão de 2ª vias do documento e com a compra de suprimentos para impressoras, por exemplo.

Na hora do cadastro no app, é importante que o eleitor esteja com o título de eleitor físico em mãos, pois essas informações precisam ser idênticas às registradas no Cadastro Eleitoral.

Como obter o Título de Eleitor Digital?

Baixe o aplicativo e-Titulo disponível grátis para:

baixe no android - https://play.google.com/store/apps/details?id=br.jus.tse.eleitoral.etitulo&hl=pt_BR
baixe no ios - https://apps.apple.com/br/app/e-t%C3%ADtulo/id1320338088

Após baixar o aplicativo e-Título você deverá abrir e inserir seus dados pessoais:

  • Nome do Eleitor
  • Data de Nascimento
  • Número de Inscrição que consta no Título de Eleitor
  • Nome da Mãe
  • Nome do Pai
  • Pressionar em Acessar
Tela cadastro para obter o Título de Eleitor Digital - Imagem TSE - Dica App do Dia
Tela cadastro para obter o Título de Eleitor Digital – Imagem TSE – Dica App do Dia

Casos os dados estiverem corretos, de acordo com a base de dados do TSE, surgirá uma tela conforme imagem abaixo com todos os seus dados.

Tela do Título de Eleitor Digital – Imagem TSE – Dica App do Dia

Se alguma informação for preenchida em discordância com aquela lançada no documento original, o sistema não validará o cadastro.

Para o eleitor que ainda não fez o cadastro biométrico, é necessário apresentar um documento oficial com foto sempre que for utilizar o título digital.

Se o eleitor já fez o recadastramento biométrico (cadastro das impressões digitais, fotografia e assinatura) na Justiça Eleitoral, a versão do e-Título virá acompanhada da foto do eleitor, facilitando a sua identificação na hora do voto.

Mas, se ainda não tiver feito o recadastramento, a versão do e-Título será baixada sem fotografia. Nesse caso, o eleitor deverá levar outro documento oficial com foto para se identificar perante o mesário para votar.

O app Título de Eleitor Digital, é seguro?

Sim e a vantagem de baixar o e-Título é que os dados eleitorais do cidadão estarão sempre seguros e disponíveis, diminuindo os riscos de extravios e danos ao título de eleitor.

Além do mais, não será necessário ir até o cartório eleitoral para solicitar a 2ª via do título eleitoral, uma vez que o aplicativo supre essa necessidade.

Futuras Melhoras do aplicativo e-TítuloTítulo de Eleitor Digital

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral – TSE – será possível permitir que os próprios eleitores validem suas impressões digitais por meio do aplicativo e-Título, mas por enquanto sem data para implantação.

Segundo o TSE A intenção é aperfeiçoar o app para transformá-lo, futuramente, em uma plataforma de serviços eleitorais, com a possibilidade de fazer a transferência e a comprovação do domicílio eleitoral, além da justificativa de ausência às urnas. Atualmente, o e-Título não é capaz de validar impressões digitais.

Siga o Dica App do Dia em nossas redes sociais e também nos agregadores de notícias Flipboard e Google Notícias

Deixe uma resposta