Os profissionais informais poderão receber a quantia de R$ 600 do governo em agências bancárias, lotéricas e via celulares, de acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães em razão da pandemia do coronavírus

A Caixa, como sempre, realizará pela agências (bancárias), pelas lotéricas, pelos correspondentes (bancários) e pelo celular a grande maioria desses pagamentos“, disse ainda Guimarães.

Para os correntistas do banco da Caixa, o crédito cairá automaticamente, para quem não é correntista da Caixa, disse Guimarães, deve ser adotado um calendário para o pagamento do benefício, para evitar um número muito grande de pessoas nas agências de uma só vez.

Segundo o site G1, a proposta prevê o pagamento do valor por até 3 meses aos informais e estabelece que, no caso de mulheres que forem mães e chefes de família, o valor poderá ser de R$ 1,2 mil. O pagamento do auxílio emergencial é limitado a duas pessoas da mesma família.

O projeto já foi aprovado pela Câmara e ainda depende do aval do Senado Federal – a votação está prevista para a próxima segunda (30).

Depois, segundo Guimarães, será preciso que o governo federal publique um decreto sobre o tema para que os pagamentos sejam feitos.

Ela faz parte do conjunto de medidas adotadas pelo governo para combater os efeitos na economia da crise gerada pela epidemia do novo coronavírus.

Segundo o site BBC o limite de benefício por família prevê que até duas pessoas por família poderão receber o benefício, limitando o auxílio a R$1200. Porém, mulheres que sustentam suas famílias poderão acumular este valor individualmente.

A duração do benefício terá a duração inicial de três meses e caso haja a necessidade poderá prorrogar por mais 3 meses, de acordo do período de quarentena determinado pelo governo.

A Caixa Econômica Federal tem 26 mil postos de atendimento. Já estão sendo preparados“, afirmou Paulo Guedes em entrevista ao portal de notícias Poder 360.

Siga o Dica App do Dia em nossas redes sociais e também nos agregadores de notícias Flipboard e Google Notícias.

Deixe uma resposta