Hoje em uma live realizada no Facebook, a Caixa anunciou o inicio dos pagamentos das parcelas do Auxilio Emergencial 2021 que vai começar a partir da próxima terça-feira, 06 de Abril.

O ministro da Cidadania João Roma, anunciou que “este Auxílio Emergencia 2021, viabilizado pela PEC, com um valor de 44 bilhões de reais emergencial servirá para quatro parcelas em 2021“.

O Valor do Auxílio Emergencial terão 04 parcerlas de R$250,00 com duas exceções:

  • Mulheres, chefes de familia, vão receber R$350,00
  • Pessoas que vivem só, vão receber R$150,00.

Os primeiros a receber vão ser os beneficiários do Cadastro Único e o calendário completo de pagamentos (depósitos e datas para saque em dinheiro) será divulgado pelo Ministério da Cidadania e pela Caixa Econômica Federal (CEF), que será responsável pelos pagamentos.

Como receber o Auxílio Emergencial 2021

O calendário do auxílio emergencia será pago pela Caixa atráves do aplicativo Caixa TEM – Conta Poupança Social Digital – e terá datas tanto para saque quanto para transferências.

Até o momento a CAIXA não publicou as datas dos respectivos pagamentos.

Como saber se vou receber o Auxílio Emergencial 2021

A partir do dia 01/04 o beneficiário do Auxílio Emergencial poderá saber se vai ou não receber ou não o Benefício.

Ministério da Cidadania afirmou que o Dataprev está avaliando a elegibilidade dos beneficiários. O resultado estará disponível no Portal de Consultas da Dataprev.

O endereço do site para acompanhar o processo do pedido é www.cidadania.gov.br/auxilio ou também poderá acessar pelo link https://www.gov.br/cidadania/pt-br/servicos/auxilio-emergencial

Para realização da consulta do Auxílio Emergencial 2020 pelo site da Caixa é necessário:

  • CPF
  • Nome Completo
  • Nome da Mãe
  • Data de Nascimento.

Para saber todos os detalhes de como realizar a consulta, clique aqui e confira.

Siga Dica App do Dia no Instagram - https://www.instagram.com/dicaappdodia/

Siga o Dica App do Dia em nossas redes sociais e também nos agregadores de notícias Flipboard e Google Notícias

Deixe uma resposta