Estamos cercados de câmeras por todos os lados: seja na rua, no trânsito, lojas ou até mesmo em casa, as câmeras de segurança fazem parte do nosso dia a dia. Cada vez mais pessoas têm instalado câmeras de segurança em casa, mas poucos sabem os riscos em tê-las conectadas à internet.

Pessoas mal-intencionadas e criminosos podem ter acesso ao conteúdo das câmeras e acompanhar o que acontece dentro das casas, portanto, todo cuidado é pouco na hora de manter sua privacidade e segurança.

Pensando nisso, trouxemos 5 dicas para proteger sua câmera de segurança de invasões e hackers. Veja  a seguir!

1. Crie senhas fortes

Câmeras de segurança geralmente vêm com uma senha de acesso padrão de fábrica para ser usada na primeira instalação. Invasores podem tentar acessar sua câmera usando essa senha padrão, então tome muito cuidado.

O ideal é trocar a senha padrão logo após a instalação, de preferência com uma nova senha com letras, números e caracteres especiais. Isso dificulta a ação de hackers.

2. Mantenha sua câmera atualizada

Todos os dispositivos conectados à internet devem ser atualizados com frequência, e com a câmera de segurança não seria diferente. Habilite a opção de atualização automática ou busque fazer os updates manualmente pelo site do fabricante.

As atualizações servem para melhorar o desempenho do seu dispositivo, além de corrigir falhas e reforçar a segurança da sua câmera.

Imagens: CC Search (TheBetterDay) – BitDefender

3. Verifique a segurança da sua rede

Se a sua câmera possui uma senha forte, é atualizada, mas está conectada a uma rede vulnerável, ela continua sujeita à invasões.

Para evitar esse tipo de problema, é preciso manter alguns cuidados como monitorar os dispositivos conectados, trocar o nome da rede e rodar programas antimalware como o da Bitdefender, que possui proteção multicamada contra ransomware, malware e detecta possíveis invasões e programas maliciosos na sua conexão ou computador, além de não pesar no desempenho da sua máquina.

4. Saiba a procedência da câmera

Na hora de escolher sua câmera é importante buscar aparelhos de marcas confiáveis. Câmeras de marcas com boa reputação no mercado e com boa qualidade é o ideal.

Desconfie de aparelhos de marcas desconhecidas e preços muito abaixo do normal: elas podem vir adulteradas e com malwares.

5. Use a autenticação em dois fatores

A autenticação em dois fatores já vem em algumas câmeras como recurso de fábrica. Ela combina uma senha e um código alfanumérico enviado diretamente para o celular do usuário. Ativando essa função você diminui o risco de invasões consideravelmente.

Gostou das dicas? Conhece mais maneiras de proteger sua câmera de segurança? Compartilhe nos comentários!

Este artigo foi criado pela equipe Bitdefender para uso exclusivo do Dica app do dia

Deixe uma resposta